Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

30/09/2021

Campanha salarial: Sindiagua aguarda agendamento de reunião de negociação com presidente da Cagece

A campanha salarial dos(as) cagecianos(as) segue em fase de negociação. Foram realizadas duas reuniões com a comissão de negociação da Companhia, nos dias 24 de agosto e 02 de setembro. A entidade aguarda o agendamento de uma terceira reunião, que deverá ser com o presidente da Cagece, Neuri Freitas. A entidade lembra que até o fechamento de um novo acordo, ficam garantidos os direitos e benefícios previstos no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente, conforme já acertado entre a direção do Sindiagua e da Companhia.
A data-base da categoria é no mês de maio, assim, as negociações são relativas ao período de maio de 2020 a abril de 2021, cuja inflação (medida pelo INPC) foi de 7,59%. As conquistas que vierem a ser obtidas na campanha salarial deverão ser retroativas a maio de 2021, como sempre aconteceu.
Devido a pandemia, o início da campanha salarial foi adiado, a exemplo do ano passado. A pauta de reivindicações foi aprovada em assembleia realizada no dia 20 de julho. A direção do Sindiagua entendeu que seria necessário aguardar uma queda nos níveis de transmissão da Covid para realizar a assembleia de forma presencial e com segurança, tendo em vista que a aprovação da pauta costuma ser um momento mais demorado, de muito debate entre os participantes.
“Pedimos a compreensão da categoria. Não é fácil fazer uma campanha salarial em meio a uma pandemia, mas estamos na luta pela valorização do trabalhador do saneamento, que executa uma atividade essencial à população, especialmente neste momento delicado em que vivemos”, ressalta Jadson Sarto, presidente do Sindiagua. A entidade lembra que, durante a pandemia, sete pessoas do Sindicato, entre funcionários e diretores liberados, foram contaminados pela Covid, entre eles o presidente, que teve o diagnóstico positivo no dia 4 de setembro último e segue em fase de recuperação.
Sindiagua espera que Cagece valorize o trabalhador - As duas primeiras reuniões de negociação tiveram longos e exaustivos debates. Foram discutidas mais de 50 cláusulas e houve poucos resultados efetivos em termos de propostas aceitáveis apresentadas pela empresa. Em relação às cláusulas financeiras de maior impacto coletivo, entre elas o reajuste salarial e do vale-alimentação, a Companhia propôs 4,76% de reajuste, índice abaixo da inflação do período que foi de 7,59% (maio de 2020 a abril de 2021). A direção do Sindiagua rejeitou a proposta da empresa e lembrou que num momento de dificuldade, o trabalhador da Cagece não pode ser penalizado com arrocho salarial.
“Esperamos que a empresa adote uma postura de mais respeito com o trabalhador(a) na próxima reunião. Estamos em contato com a Companhia para que ela aconteça o quanto antes”, reforça Jadson.
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br