Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

18/07/2011

Sindiagua se reúne com novo presidente da Cagece

No último dia 11, a diretoria do Sindiagua se reuniu com o novo presidente da Cagece, Gotardo Gurgel, na sede da empresa. No encontro, vários pontos de reivindicações dos trabalhadores foram discutidos, entre eles o Descanso Semanal Remunerado (DSR) e o pagamento do reajuste salarial. Segundo o presidente da companhia, os problemas relativos ao pagamento retroativo do DSR ainda estão sendo estudados pela empresa e a intenção é solucionar a questão com maior brevidade possível. Ele se justificou lembrando que estava há apenas seis dias úteis na presidência e por isso não teria como dar uma resposta definitiva sobre o assunto, o que deve ocorrer até o dia primeiro de agosto.
Em relação ao reajuste salarial, Jadson Sarto, coordenador geral do Sindiagua, reclamou da demora em pagar a diferença retroativa do salário aos trabalhadores e cobrou agilidade da empresa. Jadson alertou para a falta de compromisso da companhia que havia dado como prazo o início do mês atual. ‘‘Havia um acerto de que o pagamento da diferença sairia até o dia 10 de julho. Ficamos surpresos quando soubemos que só seria pago junto com a quinzena. O Sindiagua espera que fatos como esse não se repitam para não prejudicar a categoria’’, comentou Jadson.
O concurso público foi outro tema discutido. A presidência reafirmou que um levantamento da demanda de funcionários está sendo realizada, mas não definiu prazos, cargos, nem quantidade de vagas. ‘‘O concurso público é prioridade para a categoria e a população. Só assim a Cagece será, de fato, a terceira empresa de saneamento do País’’, ressaltou Jadson.
O coordenador do Sindiagua aproveitou para apresentar algumas queixas dos trabalhadores quanto às dificuldades estruturais e de condições de trabalho em algumas unidades da Cagece, especialmente a do Conjunto Ceará. ‘‘Se a empresa não estiver atenta, todas as unidades de negócio chegarão em pouco tempo ao nível do Conjunto Ceará que está um caos’’, alertou Jadson. O presidente da empresa recebeu as informações e disse que iria dar prioridade ao Conjunto Ceará.
Outra queixa apresentada por Jadson foi relativo ao uso do campo de futebol da unidade do Pici. Os trabalhadores têm tido dificuldades para utilizar o espaço por conta dos projetos sociais que são desenvolvidos no local para as comunidades vizinhas. Jadson destacou a importância dos projetos, mas defendeu que os trabalhadores não podem ser prejudicados. Um calendário será elaborado para reservar os dias em que o campo e a quadra serão de uso exclusivo dos funcionários.
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br