Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

14/02/2012

Cagece descumpre contrato de concessão e provoca atrasos de salários e gratificações no SAAE de Russas

Os trabalhadores do SAAE de Russas estavam com salários e pagamentos de gratificações e reajustes atrasados. O motivo: um questionamento jurídico feito pela Cagece ao contrato de concessão do serviço de saneamento. Por conta disso, a companhia passou três meses sem repassar à prefeitura os valores relativos aos pagamentos dos funcionários da autarquia. A prefeitura assumiu os pagamentos de outubro e novembro, mas o mês de dezembro deixou de pagar, alegando não poder arcar com o descumprimento do contrato pela Cagece.
Durante reunião com a Cagece no dia 18/01, a diretoria do Sindiagua cobrou da diretoria de gestão empresarial da empresa uma solução rápida para o impasse. Após a reunião com o Sindiagua e, posteriormente, com a prefeitura de Russas, a Cagece quitou os pagamentos atrasados e voltou pagar os salários. No entanto, ainda não há definição sobre o pagamento das gratificações. O Sindiagua alerta que, caso este problema não seja resolvido com agilidade, acionará meios jurídicos para defender os trabalhadores. “Se há um contrato em vigor, ele deve ser cumprido. Não se pode simplesmente parar de pagar os trabalhadores por conta de um questionamento no contrato. Se há necessidade de fazer alterações, que se faça, mas sem prejudicar a categoria. Os trabalhadores não podem ser vítimas da inércia do departamento jurídico da empresa”, argumentou Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.
SAAE de Fortim - Os trabalhadorees do SAAE de Fortim também têm enfrentado dificuldades. O contrato de concessão com a prefeitura venceu e ainda não foi renovado. Por conta disso há salários atrasados. “A Cagece continua executando o serviço de abastecimento de água, continua arrecadando, mas deixa de pagar os funcionários do SAAE que estão trabalhando normalmente. É inaceitável!”, critica Jadson. O diretor da DGE afirmou que não tinha conhecimento da situação e que daria uma resposta brevemente, após estudar o caso.

 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br