Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

10/08/2012

Após risco de mudança, plano de saúde para pais e avós de trabalhadores é mantido

 Após muito esforço e resistência, a diretoria do Sindiagua conseguiu impedir que pais e avós de vários trabalhadores da Cagece perdessem o direito ao plano de saúde. Há alguns meses a empresa vinha estudando a possibilidade de retirar do plano de saúde dos pais e avós que não fossem declarados como dependentes no imposto de renda dos funcionários. O objetivo da empresa era se adequar ao contrato em vigor com a operadora do plano. Ao tomar conhecimento dessa possibilidade, a diretoria do Sindiagua imediatamente manifestou sua posição contrária à mudança.
Foram vários dias de diálogo até que, diante da insistência da Cagece, o Sindiagua procurou a empresa operadora do plano de saúde com o objetivo de buscar uma solução. Por ser administradora do plano de saúde dos cagecianos, o sindicato teve a competência de reivindicar a manutenção do benefício da forma como está hoje. A luta do Sindiagua deu resultado. A operadora acatou a reivindicação do sindicato e assegurou a manutenção do plano a todos as familiares diretos (filhos, esposa ou marido, pais e avós, da forma como consta no ACT), sem necessidade de declará-los dependentes.
“A luta por benefícios sociais tem sido uma marca desta gestão, especialmente no que diz respeito à saúde do trabalhador e de seus familiares. Conseguimos melhorar a qualidade do plano de saúde, alcançamos a gratuidade para cerca de 60% dos funcionários e conquistamos o reembolso de medicamentos de uso contínuo, sem limite de valor... não poderíamos aceitar a perda de direitos conquistados. Esses benefícios vieram em consequência de muita luta, competência, experiência e capacidade de diálogo. Nosso intuito é avançar cada vez mais na qualidade de vida do trabalhador e não retroceder”, ressalta Jadson Sarto, presidente do Sindiagua. Ele, juntamente com Haroldo Ribeiro e Antonio de Oliveira, participaram da reunião com a empresa operadora do plano de saúde que garantiu a conquista.
Jadson relembra que se o plano fosse retirado dos pais e avós, isso significaria um custo enorme no bolso do trabalhador, tendo em vista que hoje a grande maioria dos cagecianos têm direito ao benefício gratuitamente, incluindo familiares dependentes.
Plano de saúde suplementar (PSS) - Vale lembrar que nesse momento, a direção do Sindiagua está discutindo com a Cagece a implantação do plano de saúde suplementar . Um estudo já foi elaborado pelo sindicato (com a supervisão de um especialista atuarial) e a proposta já foi entregue à empresa, durante a última reunião com o presidente da companhia. O PSS decorre de uma necessidade de dar uma solução satisfatória ao problema dos custeios dos planos de saúde durante os anos da inatividade (aposentadoria) dos empregados da Cagece.trabalhadores é mantido
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br