Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

22/05/2013

Campanha salarial 2013: Proposta da nova diretoria da Cagece continua abaixo das expectativas da categoria. Nova rodada de negociação será realizada.

A terceira rodada de negociações da campanha salarial dos trabalhadores da Cagece, realizada na última terça-feira (21/05), novamente terminou com resultados abaixo da expectativa da categoria. Desta vez, cláusulas consideradas primordiais foram rediscutidas, entre elas o Reajuste Salarial. A Cagece apresentou uma nova proposta de reajuste: 8,16% sobre os salários da categoria (1% acima da inflação). Para o Vale-alimentação e o Vale-lanche, a Cagece propôs um reajuste de 11,11%, passando de R$ 594,00 para R$ 660,00 e de R$ 5,30 para R$ 5,90 respectivamente. O Sindiagua não concordou com as propostas. “Acreditamos que a nova direção da Cagece tem condições de oferecer um reajuste melhor aos trabalhadores”, avaliou Jadson Sarto, coordenador geral do Sindiagua.
Já para o Auxílio-creche, foi proposto pela Companhia um novo reajuste aumentando o benefício para R$ 410,00. O Sindiagua também deixou pendente
A Revisão do PCR foi outro ponto bastante discutido. A Cagece afirmou que o termo de referência para contratação da empresa que ficará encarregada de fazer a revisão do plano será encaminhado à Secretaria das Cidades até 31/05. Porém, a Cagece se negou a estipular um prazo para início, conclusão e implantação. A direção do Sindiagua criticou a demora da Cagece em dar encaminhamento uma reivindicação antiga da categoria. “Diversos prazos para revisão do PCR já foram descumpridos, inclusive o atual ACT.  Quando foi para mudar a lei de criação da Cagece (permitindo que ela possa se associar com a iniciativa privada), tudo se resolveu rápido, inclusive com a mensagem do Governo do Estado tramitando em regime de urgência na Assembleia Legislativa. Queremos o mesmo empenho para atender os interesses do trabalhador”, observou Jadson Sarto. Vale lembrar que somente após o Sindiagua ter protocolado uma denúncia no Ministério Público do Trabalho, a Cagece apresentou o termo de referência para a contratação da empresa que fará a revisão do PCR.
Em relação ao Reembolso de Medicamentos e Convenio Farmácia, a Cagece defendeu a manutenção da redação do Acordo vigente. O Sindiagua solicitou que seja levado novamente para análise da diretoria da empresa a proposta de inclusão do cônjuge entre os beneficiários e do aparelho bipat para apnéia do sono na lista dos materiais a serem reembolsados.
A comissão de negociação da Cagece negou também a reivindicação da categoria relacionada ao pagamento da PLR. O Sindiagua lembra que quando não há atualização do indicador de gerenciamento de resultados, a categoria fica no prejuízo. A nova direção deveria encontrar uma forma de elevar o percentual do benefício, pois os trabalhadores não podem ser penalizados pelas falhas da alimentação do sistema.
A única cláusula aceita pela Cagece na reunião foi a Hora de trabalho para mães e pais com filhos portadores de necessidades especiais. Com ela, o(a) trabalhador(a) que tiver filho com deficiência terá direito a duas horas diárias de afastamento do trabalho sem perdas financeiras.
“Volto a afirmar: criou-se uma expectativa positiva na categoria com esta nova direção da Cagece, formada em sua maioria por funcionários de carreira. Os cagecianos acreditavam que os trabalhadores seriam valorizados. Porém, as propostas vindas da Companhia têm demonstrado que o trabalhador não é prioridade para a empresa”, critica Jadson. A direção do sindicato questiona como a Cagece pretende se expandir no mercado se boa parte dos trabalhadores se sente desmotivada e não reconhecida pela companhia.
Diante dos impasses da negociação, a direção do Sindiagua defendeu mais uma rodada de negociação com a comissão da Cagece. A data da próxima reunião ainda será agendada.
Participaram da 3a reunião de negociação representando o Sindiagua: Jadson Sarto, Haroldo Ribeiro, Linaide Crispim, Antônio de Oliveira, Joel Lopes, Rui Basílio, Francisco Edson Saraiva Jr. e Francisco de Assis Félix (Cantor).


CONFIRA A ATA DA 3a REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO DA CAMPANHA SALARIAL DE 2013

Revisão do PCR, Cargo Técnico Administrativo Operacional, Promoção Nível III, Promoção por Tempo e Mérito, e Grupo C
CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 5ª do ACT 2012-2013 e informa que o Termo de Referência será encaminhado para a Secretaria das Cidades até 31.05.2013 mantendo o Sindiágua informado quanto à tramitação do processo.
SINDIAGUA: Mantém a proposta e deixa pendente

Participação nos Resultados
CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 9ª do ACT 2012-2013 com as seguintes metas:



A CAGECE estudará a possibilidade de apresentação de redação relacionada ao parágrafo único da proposta do Sindiágua (indicador gerenciamento dos resultados).
SINDIAGUA: Pendente

Convênio Farmácia / Reembolso de medicamentos
CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 21ª do ACT 2012-2013
SINDIAGUA: Pendente. Apresenta contraproposta de custeio de medicamento do cônjuge e inclusão do aparelho bipat

Incentivo ao desenvolvimento educacional
CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 8ª do ACT 2012-2013 com alteração do nome da cláusula para Incentivo ao desenvolvimento educacional
SINDIAGUA: Pendente

Incorporação Função Gratificada
CAGECE: Exclusão da proposta
SINDIAGUA: Pendente

Reajuste salarial
CAGECE: Proposta de renovação da cláusula 3ª do ACT 2012 2013 com reajuste de 8,16% sobre os salários de abril/2013
SINDIAGUA: Pendente

Vale Alimentação e Vale Lanche
CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 11ª do ACT 2012-2013 com elevação do valor de R$ 594,00 para R$ 660,00 no Vale alimentação, e de R$ 5,30 para R$ 5,90 no vale lanche
SINDIAGUA: Pendente

Auxílio Creche e Educação Gratificada
CAGECE: Proposta de renovação da cláusula 19ª do ACT 2012 2013 com elevação do valor de R$ 370,00 para R$ 410,00. Acrescentar à redação da cláusula o seguinte: “O benefício será concedido após a solicitação junto à GEPES, juntamente com a documentação comprobatória.”
SINDIAGUA: Pendente

Auxílio Moradia
CAGECE: Proposta de renovação da cláusula 10ª do ACT 2012 2013 com elevação do valor de R$ 425,00 para R$ 460,00 e de R$ 320,00 para R$ 345,00.
SINDIAGUA: Pendente e apresenta contraproposta de elevar o período de concessão do incentivo

Auxílio Educação Formal
CAGECE: Proposta de alteração da cláusula atual para a seguinte redação:
A CAGECE poderá contribuir com a formação profissional dos empregados em cursos de pós-graduação “LATO-SENSU” (especializações, MBA’s) e “stricto-sensu” e (mestrados, doutorados e pós-doutorados) e cursos de línguas estrangeiras, mediante ressarcimento de valor correspondente a até 50% (cinquenta por cento) do valor do curso. Os empregados somente terão direito ao benefício após a análise da vinculação entre o conteúdo do curso pleiteado e as competências inerentes às atribuições do cargo que este ocupa, considerado o interesse público na qualificação do empregado.
PARÁGRAFO PRIMEIRO - Para fazer jus ao incentivo, os empregados interessados em receber o benefício deverão, obrigatoriamente, elaborar e apresentar projeto de aplicação (nos casos de pós-graduações e MBA’s) ou de pesquisa (nos casos de mestrado e doutorado) na área de negócio da Empresa, devendo haver aprovação prévia pela GEPES e pela Diretoria.
PARÁGRAFO SEGUNDO - O empregado deverá comprovar perante à Gerência de Pessoas da CAGECE, no prazo de até 60 (sessenta) dias, a contar do vencimento da parcela, o pagamento da mensalidade junto ao estabelecimento de ensino, sob pena da companhia suspender o benefício.
PARÁGRAFO TERCEIRO - O empregado beneficiado deve apresentar, ao fim de cada modulo/disciplina cursado(a), atestado da instituição de ensino comprovando a regularidade de, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) do seu comparecimento e aproveitamento (nota ou conceito).
SINDIÁGUA: Pendente


Gratificação Condução Veículos
CAGECE: Proposta de renovação da cláusula 7ª do ACT 2012 2013 com elevação do valor de R$ 265,00 para R$ 290,00
SINDIAGUA: Pendente

Plano de Saúde

CAGECE: Propõe a renovação da cláusula 15ª do ACT 2012-2013 com alteração do Parágrafo Primeiro de “A CAGECE celebrará CONTRATO ADMINISTRATIVO com empresa prestadora de serviço de Plano de Saúde e Odontológico...” para “A CAGECE garantirá CONTRATO ADMINISTRATIVO com empresa prestadora de serviço de Plano de Saúde e Odontológico...”
SINDIAGUA: Pendente

Hora de Trabalho para Mães e Pais com Filhos Portadores de Necessidades Especiais
CAGECE: Proposta:
Fica concedido à empregada, mãe de portador de necessidade especial, o afastamento de até 2 (duas) horas diárias, no início ou término do expediente, desde que comprovada a condição de portador de necessidade especial do filho(a) por junta médica oficial, não cabendo perdas financeiras.
Parágrafo único – Para fazer jus ao benefício previsto no caput desta Cláusula, a empregada deverá solicitar o benefício através de requerimento padronizado acompanhado da certidão de nascimento do filho(a) e de atestado da junta médica, à GEPES, devendo manifestar se deseja a redução no início ou término do expediente.
SINDIAGUA: Acordada

Jornada de Trabalho

CAGECE: Apresentará proposta de redação para implantação de jornada de trabalho de 12x36 e banco de horas.
SINDIAGUA: Pendente
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br