Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

22/08/2013

Sindiagua repudia falta de diálogo e truculência da Prefeitura e do Governo do Estado contra movimento Ocupe o Cocó

A direção do Sindiagua vem, mais uma vez, manifestar apoio à luta do legítimo movimento Ocupe o Cocó que se encontra acampado no Parque do Cocó reivindicando uma alternativa ao projeto da Prefeitura de Fortaleza de construção de dois viadutos no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Jr. e Antonio Sales. O Sindiagua entende a necessidade de uma intervenção naquele cruzamento, porém cobra um diálogo em busca de uma solução alternativa menos degradante ao meio urbano e ao meio ambiente, que preserve o Parque do Cocó - patrimônio ambiental dos cearenses – e que seja integrada a uma política de mobilidade urbana que privilegie o transporte público.

A direção do Sindiagua também repudia veementemente:
- A ação covarde, truculenta e autoritária da Prefeitura e do Governo do Estado que, no último dia 8 de agosto, expulsou - na calada da noite, sem ordem judicial e com uso violento da força policial - os manifestantes que estão acampados no parque há mais de 30 dias, em protesto pacífico contra a obra dos viadutos. A ação de desocupação foi uma clara violação ao direito democrático à livre manifestação e aos direitos humanos em nosso Estado.
- A nova tentativa de uso da força policial do Estado para expulsar à força os manifestantes na manhã desta quinta-feira, 22/08, que foi interrompida graças a decisão judicial da 9ª Vara da Fazenda Pública que ordenou recolher os mandados que autorizavam a desocupação da área ocupada pelo movimento. A nova tentativa de expulsão, além de uma ação que resultaria em novas violações do Estado contra manifestantes, foi um desrespeito à decisão da Justiça Federal que mandou suspender a obra naquele local.

Por fim, a direção do Sindiagua cobra da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Estado a imediata abertura do diálogo com os manifestantes; a legalização e proteção definitiva do Parque do Cocó, a partir da regulamentação da poligonal de 1312 hectares que foi aprovada pelo Conpam em 2008; e uma política de saneamento público que preserve o Rio Cocó da emissão de poluentes danosos à natureza.

Sindiagua
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br