Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

31/05/2016

Campanha salarial: Realizada segunda reunião de ‘‘negação’’

Mais uma vez a direção da Cagece mostrou que preservar o bem-estar dos trabalhadores está longe de ser uma prioridade da atual gestão. Na segunda rodada de negociação, realizada no dia 30/05, a empresa voltou a negar as reivindicações da categoria. Tentou, como de praxe, utilizar a crise econômica – pela qual o empregado não tem culpa – como justificativa para dizer não às demandas da categoria que foram discutidas.
Novamente, cláusulas com quase nenhum impacto financeiro foram negadas, como a gratificação por condução de veículos, que não teve sequer uma proposta de reajuste apresentada pela empresa, algo inédito nos últimos anos. O auxílio-creche foi um dos itens discutidos. Para essa cláusula, a empresa propôs um reajuste de apenas 6,6%, bem inferior ao reajuste de 15% praticado pelas escolas. “Uma proposta de reajuste que não é um avanço, e sim um retrocesso, porque não cobre sequer a inflação do período”, ressalta Jadson. Além do auxílio-creche, outra cláusula que “mereceu” uma contraproposta da Cagece foi o auxílio-funeral, o que gerou críticas e questionamento da direção do Sindiagua: “Na única melhoria apresentada pela empresa, o trabalhador só recebe quando estiver morto!”.
“A comissão de negociação diz que a empresa está colocando em prática um plano de redução de gastos, mas essa política de cortes só atinge o trabalhador. Vem sendo assim nos últimos anos, enquanto a direção e os cargos comissionados indicados por apadrinhados políticos ficam livres das tesouradas da empresa. Na lógica da direção da Cagece, a crise tem que pesar mais pro lado do empregado. Esse pensamento é um equívoco grave, porque não prejudica apenas a categoria, mas a própria Cagece, ao gerar um sentimento de insatisfação e esgotamento na categoria, o que desmotiva os empregados”, critica Jadson Sarto, presidente do Sindiagua. ‘‘A direção da empresa, inclusive, chegou a reduzir em 23% (de 2014 a 2015) o investimento em capacitação de seus colaboradores. Qual o reflexo disso?’’, questiona Jadson.
Para a direção do Sindiagua, a empresa ao invés de apontar somente os fatores externos, deveria olhar também para os próprios erros e tratar de corrigi-los. “Se a empresa passa por dificuldades financeiras, certamente isso não se deve apenas à crise econômica. O trabalhador não pode ser apenado por problemas que ele não causou”, avalia o presidente do Sindiagua.
A direção do Sindiagua mais uma vez pede uma mudança de postura da Cagece na próxima reunião, agendada para o dia 06/06. O Sindicato lembra que negociar, pressupõe que os dois lados cedam. Da forma como a Companhia vem agindo nas negociações, é impossível se construir um acordo.

Confira a ata da segunda reunião:

Gratificação de condução de veículos
CAGECE: Manutenção da cláusula 7ª do ACT 2015/2016, com adequação da redação.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação e solicita que a matéria seja rediscutida na próxima reunião.

Auxílio transporte
CAGECE: Manutenção da cláusula 13ª do ACT 2015/2016
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Educação formal
CAGECE: Manutenção da cláusula 14ª do ACT 2015/2016 e poderá firmar convênios com instituições de ensino.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação e reafirma a necessidade de investimento na capacitação dos trabalhadores.

Assistência escolar (cláusula nova)

CAGECE: Poderá realizar estudo de viabilidade com instituições do Sistema S para possível celebração de convênio: SENAI, SESI, SENAC, SESC, SEBRAE, SENAR, SEST, SENAT, SESCOOP, mas informa que não há necessidade de constar no ACT.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Plano de saúde

CAGECE: Manutenção da cláusula 15ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Auxílio funeral
CAGECE: Manutenção da cláusula 18ª do ACT 2015/2016, com elevação de 2,5 para 3 pisos salariais da empresa para o regime de 40 horas.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Auxílio creche-educação

CAGECE: Manutenção da cláusula 19ª do ACT 2015/2016, com elevação do benefício de R$ 487,53 para R$ 520,00.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Material escolar (cláusula nova)
CAGECE: Não apresenta viabilidade para o atendimento.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Indenização por morte ou invalidez
CAGECE: Manutenção da cláusula 20ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: A categoria em assembleia não propôs alteração dessa cláusula.

Indenização por utilização de veículos (quilometragem)
CAGECE: Manutenção da cláusula 21ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação e solicita a informação acerca dos custos com locação de veículos e taxis.

Vale cultura
CAGECE: Manutenção da cláusula 24ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Horário especial para estudantes (cláusula nova)
CAGECE: Realizando estudos acerca da viabilidade e impacto jurídico.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Dispensa dos serviços
CAGECE: Manutenção da cláusula 26ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: A categoria em assembleia não propôs alteração dessa cláusula.

Ausência justificada
CAGECE: Manutenção da cláusula 27ª do ACT 2015/2016, alterando o prazo para nascimento dos filhos, conforme estabelecido na lei 13.257 de 08/03/2016.
SINDIAGUA: Solicita a inclusão de padrasto e madrasta.

Jornada para pais com filhos portadores de necessidades especiais

CAGECE: Manutenção da cláusula 28ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: A categoria em assembleia não propôs alteração dessa cláusula.

Liberação para fazer cursos (cláusula nova)
CAGECE: Não apresenta viabilidade para o atendimento.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Liberação para tratar de interesse particular (cláusula nova)
CAGECE: Não apresenta viabilidade para o atendimento.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Licença prêmio (cláusula nova)
CAGECE: Não apresenta viabilidade para o atendimento.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.

Licença acompanhamento
CAGECE e SINDIAGUA: ACORDADA nos termos da cláusula 31ª do ACT 2015/2016.

Abono aniversário (cláusula nova)

CAGECE e SINDIAGUA: ACORDADA, acrescendo que o abono poderá ocorrer no prazo de até 30 dias a partir da data do aniversário.

Licença maternidade
CAGECE: Manutenção da cláusula 32ª do ACT 2015/2016.
SINDIAGUA: Mantém proposta da pauta de reivindicação.
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br