Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

08/09/2016

Confira como foi última reunião da MENP

No último dia 17/08, Sindiagua e Cagece se reuniram para mais uma Mesa de Negociação Permanente, quando foram discutidos temas de interesse da categoria, entre eles PR e Promoções. Confira abaixo um resumo:
PR - a direção do Sindiagua solicitou informações sobre o acompanhamento dos indicadores, além de um estudo sobre o quanto a empresa espera atingir com as ações de combate a fraudes e retirada de vazamentos (constantes no novo plano de segurança hídrica) até o mês de dezembro. Questionou ainda de que forma estes pontos vão impactar na margem EBTIDA para apuração da PR. Cagece apresentou algumas ações do piloto do Plano de Segurança Hídrica e a apuração da margem EBTIDA até o momento. Segundo a empresa, a meta prevista é de 16,69% e o resultado alcançado é de 24,56% referente à junho/16. O Sindicato pediu (verbalmente e por meio de ofício) uma reunião para tratar especificamente dos indicadores e metas para a PR e cobrou providências da direção da empresa sobre os responsáveis por atrasos na alimentação do SGR.
Promoções e novos concursados – O Sindicato cobrou informações sobre o andamento das promoções de 2016 e sobre a reivindicação dos novos concursados que querem subir de nível. A GEPES informou que o estudo de viabilidade dessas demandas será realizado no âmbito do Projeto de implantação do novo PCR. A proposta do novo Plano elaborada pelo Comitê de Implantação do PCR foi apresentada em REDIR e encontra-se em fase de finalização de análise pela Diretoria. O Sindiagua lembrou que a demora tem gerado novas demandas da categoria e que trabalhadores que estão no nível II também querem subir de nível. A entidade solicitou um posicionamento do Presidente da Cagece e lembrou novamente que os trabalhadores não podem continuar sendo prejudicados. O Sindicato cobrou ainda que a Cagece apresente todos os passos que foram discutidos com a Diretoria da empresa, para que sejam apresentadas propostas, conforme o ACT na cláusula 5ª parágrafos 2º e 3º.
PRSP – Sobre a implantação do novo PRSP, o Sindiagua lembrou que, em ata da negociação do novo ACT, a Cagece concordou em apresentar o novo modelo para discussão com Sindiagua. A GEPES informa que o plano está em fase de conclusão, sendo enviado para a análise contábil para posterior apreciação pela Diretoria. Após esta etapa será discutido com o Sindiagua. Segundo a Companhia, ainda não há data para implantação do novo PRSP. A entidade já enviou por ofício as sugestões da categoria para o Plano e solicitou uma reunião para tratar do assunto.
Processo das Horas Extras - O Sindiagua cobrou prazo para pagamento do processo que foi ganho na Justiça. A GEPES informou que a Cagece ainda não foi notificada pela Justiça quanto a efetivação do pagamento.
Racionamento de água – Foi questionado pelo Sindicato o que está sendo feito para garantir água diante do agravamento da seca e se a Companhia implantará um plano de racionamento no Estado. A empresa não deu garantia de que a medida será adotada e informou que foi elaborado pelo Governo do Estado um Plano de ações para garantir a segurança hídrica da Região Metropolitana de Fortaleza. Dentre estas ações estão: caça vazamentos, combate a fraudes, perfuração de 200 poços, ações junto a lava jatos, marmorarias e lavanderias, reúso da água de lavagem dos filtros da ETA Gavião, pressurização da captação da ETA Gavião, entre outros.
Acompanhamento psicológico para funcionários - O Sindiagua reivindicou que profissionais da área de psicologia realizassem visitas periódicas aos locais de trabalho, para atender as demandas necessárias dos trabalhadores. A GEPES informou que já existe na empresa um programa (PASC – Programa de Assistência Social ao Colaborador), onde as assistentes sociais contratadas realizam visitas sistemáticas às Unidades de Negócio. Sindiagua entende que além do trabalho da assistente social, é importante também o apoio psicológico ao trabalhador, quando necessário.
Segurança física para as equipes de manutenção - O Sindiagua solicitou que o mesmo tratamento de segurança que está sendo dado às novas equipes de fraude em áreas de risco também seja disponibilizado para as equipes de manutenção e operação. A Cagece relatou as ações de segurança estão sendo realizadas no piloto do Plano de Segurança Hídrica com o apoio da polícia.
Diárias – Foi cobrado informações sobre o estudo para adequar o valor das diárias às necessidades dos trabalhadores, conforme prevê ata de reunião de negociação do ACT. Cagece informou que será criado grupo de trabalho para realização do estudo e lembrou que, conforme a ata, tem o prazo até outubro de 2016.
Concurso Público e cadastro de reserva – A direção do Sindicato novamente perguntou se há expectativa de chamar novos concursados do cadastro de reserva ainda este ano, incluindo as vagas que surgiram recentemente com as demissões. Cagece informou que as convocações serão realizadas de acordo com a necessidade da empresa e condições orçamentárias, limitadas ao quadro de vagas da Cagece. Sindiagua cobrou celeridade nas convocações.
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br