Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Voltar Página inicial

 Notícias

02/12/2019

Assembleia Legislativa vai lançar Pacto pelo Saneamento Básico. Sindiagua convoca categoria para reforçar luta contra privatização/PPP da água.

No próximo dia 6, às 9h, a Assembleia Legislativa do Ceará, através do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, realizará o Lançamento do Pacto pelo Saneamento Básico. Segundo afirma o Conselho, o Pacto tem o objetivo de “promover a integração institucional e fortalecer a Política Pública de Saneamento Básico, visando à universalização dos serviços, resultando num Plano Estratégico do Saneamento Básico do Ceará”.
O Sindiagua foi convidado a participar do evento e, diante do momento delicado do País com várias ameaças de retrocessos sobre as políticas de saneamento público, entende que será uma oportunidade para a entidade reafirmar sua luta contra toda forma de privatização da água. “É importante que o Sindicato, juntamente com a categoria, demonstre sua posição contrária tanto ao Projeto de Lei 3261/2019 do senador “coca-cola” Tasso Jereissati, como também contra a concessão da Companhia (ver texto abaixo) ou ao projeto de PPP que está sendo elaborado dentro do Governo do Estado e que pode entregar a gestão, operação e manutenção da água e esgoto das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri a uma empresa privada’’, ressalta Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.
A entidade convida os(as) trabalhadores(as) a participarem. Para facilitar, o Sindicato vai disponibilizar ônibus nos locais de trabalho a partir das 7:30h com saída às 8:15h para os(as) cagecianos(as) e terceirizados(as) que desejarem ir ao evento e somar força na luta contra a privatização/PPP da água. Para isso, basta procurar um representante da direção do Sindiagua ou um delegado sindical no seu local de trabalho. “É fundamental demonstrar, em um evento público e político que vai discutir o saneamento do Estado, a força do trabalhador na luta contra a privatização/PPP da água”, reforça Jadson.

Jornal O Povo divulga nota falando em privatização da Cagece
O colunista Alan Neto divulgou uma informação na edição de 24/11 do jornal O Povo, afirmando que “a Cagece venderá parte do seu capital no primeiro trimestre de 2020”. Segundo a nota, tal iniciativa fará com que o mercado cobre “padrões que se acoplem a de uma empresa privada” e que “inexoravelmente mexerá com o pessoal” da Companhia. O texto da coluna afirma ainda que já foram definidos os bancos da operação e que a venda “é o primeiro passo para um privatização total”.
Para um Governo que se diz “contrário” à privatização, tal notícia necessita de esclarecimentos, assim como o projeto de PPP que pretende entregar a operação/manutenção da água e esgoto das regiões metropolitanas de Fortaleza e Cariri (o ‘filé’ da receita) à iniciativa privada. A direção do Sindiagua cobra uma resposta célere e clara da Cagece e do Governo. A Cagece vai mesmo vender seu capital? Qual o impacto disso para a sociedade e a categoria? Essa operação, dita pelo colunista como secreta, tem relação com a mensagem do Governo que foi aprovada em setembro na Assembleia Legislativa que trata da redução da participação acionária do Estado na Cagece? Afinal, o governador Camilo vai seguir a cartilha entreguista de Bolsonaro/Tasso/Guedes, fazendo uma privatização disfarçada?
 

Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Versão para impressão Página inicial Voltar


Sindiagua - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Ceará
Rua Solón Pinheiro, 745, Centro • Fortaleza/CE • CEP 60.050-040  |  Fone: (85) 3254-4097
www.igenio.com.br