Greve geral: Nas ruas, pelas diretas e contra as reformas e a privatização da água disfarçada de PPP!

7

Em mais um dia histórico de luta, trabalhadores e trabalhadoras ocuparam as ruas de todo o País para defender a democracia e lutar contra um governo que tem golpeado a classe trabalhadora e a população brasileira com uma perversa agenda de retrocessos nunca vista na história.  Gritos de fora Temer e em favor de novas eleições diretas foram entoados a todo o momento pelos 50 mil manifestantes que participaram da greve geral em Fortaleza, no dia 30/06.
Durante a caminhada pacífica pelas ruas do centro da cidade, da Praça da Bandeira até a Praça do Ferreira, foram erguidas inúmeras faixas, cartazes e bandeiras em favor das eleições diretas e contra as reformas trabalhista e previdenciária. O bloco do Sindiagua se somou de forma marcante ao movimento, levantando também a bandeira contra a privatização do saneamento disfarçada de PPP, que teve apoio de todos que passavam.
Para fortalecer a mobilização, a direção do Sindiagua disponibilizou ônibus que levaram trabalhadores dos locais de trabalho da Cagece até a concentração. O mini trio alugado pelo Sindicato serviu de palco principal para lideranças sindicais e políticas se manifestarem no microfone, conduzindo a caminhada em todo o percurso.
“O Sindiagua mais uma vez participou da história de lutas populares deste País, dando sua importante contribuição na mobilização e na estrutura do ato. Somente nas ruas podemos derrubar um presidente golpista e corrupto que quer massacrar de forma perversa os direitos do povo e entregar a água ao grande capital. Os trabalhadores estão de parabéns e a luta deve continuar firme!”, ressaltou Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.