14 de junho: um dia histórico de luta e resistência

45

Em mais um dia histórico de luta e resistência, milhares de manifestantes foram às ruas em todo o Brasil para participar da greve geral. E o Sindiagua, com a categoria do saneamento, teve uma participação marcante na mobilização em Fortaleza, levantando a bandeira da luta contra a privatização da água.
Bandeiras, placas, apitos, faixas, carro de som e muita disposição e luta fizeram com que a presença dos trabalhadores(as) da Cagece, SAAEs, SAAEC e Cogerh fosse muito bem destacada no meio da multidão. “Saímos ainda mais fortes. Unidos podemos mais! Sindiagua e categoria mostraram sua posição de não aceitar transformar a água em mercadoria e lucro de empresários”, destacou Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.
Além da privatização da água, outros retrocessos do governo Bolsonaro foram alvos de críticas dos manifestantes, entre eles a reforma da previdência, os cortes na pasta da Educação e o decreto que flexibiliza o uso de armas. Segundo divulgado pelas centrais sindicais, mais de 100 mil pessoas foram às ruas em Fortaleza que teve concentração na Praça da Bandeira e percorreu as ruas do centro da cidade até a Praça do Ferreira. Em outras 60 cidades cearenses também houve mobilização.
Confira na seção de galeria de imagens do nosso site algumas fotos da participação do Sindiagua e da categoria na greve geral.