Campanha salarial: direção do Sindiagua se reúne com prefeita de Itapajé e direção do SAAE e cobra avanço nas negociações

15

A direção do Sindiagua viajou nesta terça (28) a Itapajé para participar de rodada de negociação da campanha salarial dos(as) trabalhadores(as) do SAAE.  A reunião foi realizada com a prefeita Maria Gorete e sua assessoria, além da direção da autarquia.
Durante a reunião, a direção do Sindiagua reforçou a defesa das reivindicações apresentadas pelos(as) trabalhadores(as) e lembrou que a categoria está há seis anos sem ter reajuste salarial. O presidente do Sindiagua alertou que, diante da defasagem salarial, há um clima de ansiedade na base, que teve seu poder aquisitivo reduzido drasticamente. “É uma situação completamente inaceitável que precisa ser resolvida com rapidez. Os(as) trabalhadores(as) e suas famílias estão sendo fortemente prejudicados”, reforça Jadson.
A prefeita, que está no cargo há dois anos, afirmou que outras categorias do poder público municipal estão em situação parecida e que o problema vem de gestões passadas. Segundo a gestora, a prefeitura não quer privilegiar nenhuma categoria nos reajustes salariais.
A direção do Sindiagua ressaltou que o SAAE, por ser uma autarquia, tem sua independência financeira e não precisa estar atrelada a outras categorias. O presidente da entidade, Jadson Sarto, lembrou ainda que recentemente houve um reajuste da tarifa da água de 28,15% e que o SAAE tem condições de valorizar seu empregado(a), tendo em vista que o impacto da folha salarial da autarquia é de apenas 10% da sua receita.
Uma nova reunião de negociação ficou agendada para o dia 21 de março e a direção do Sindiagua espera contar com a sensibilidade da prefeita para que seja apresentada uma proposta de acordo que respeite e valorize a categoria. Uma proposta de Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) elaborada pelo Sindicato foi protocolada e entregue à prefeitura para ser analisada.
Além de Jadson, participaram da reunião representando o Sindiagua os diretores Goreti Araújo e Amauri Furtado, o delegado Sindical Francisco das Chagas, além de representantes da base. Também esteve presente o assessor jurídico do Sindiagua, Rafhael Markes.