Campanhas salariais em andamento no interior e na Cogerh

19

No dia 22 de setembro foi realizada a quinta rodada de negociação da campanha salarial dos trabalhadores da Cogerh. Durante a reunião com o presidente da Companhia, João Lúcio, foram debatidos pontos da proposta apresentada pela empresa que não foram aceitos pela categoria, entre eles PCCs, Plano de Aposentadoria Complementar, Banco de Horas e Participação nos Resultados (PR).
O presidente da Cogerh ficou de apresentar uma nova proposta de redação para as cláusulas discutidas, para, então, o Sindiagua levar à categoria em Assembleia Geral a ser marcada.  A direção do Sindiagua aproveitou para cobrar mais uma vez a convocação do cadastro de reserva e a prorrogação do concurso público. O presidente da Cogerh acatou a reivindicação e concordou em incluir a prorrogação do concurso por mais dois anos no Acordo Coletivo que está sendo construído. O presidente da Cogerh informou ainda que fará um levantamento dos cargos necessários a serem ocupados. Além do presidente do Sindiagua, Jadson Sarto, estiveram presentes o empregado da Cogerh, Henrique Rolim (delegado sindical), a economista contratada do DIEESE, Elizama Paiva, e representantes da associação dos empregados.
Direção do Sindiagua presente no interior – A direção do Sindiagua fez mais uma rodada de visitas a cidades do interior para dar suporte aos trabalhadores que estão realizando campanhas salariais. As visitas também tiveram o intuito de ouvir demandas e apoiar nos processos judiciais. Nos dias 22 e 23 de setembro, foram visitados municípios como Crato, Icó e Iguatu.
Os trabalhadores de Icó, em reunião com o Sindiagua, decidiram que caso o projeto de lei que estabelece o reajuste salarial acordado (com percentual variável entre 12% e 16%) não seja votado na Câmara Municipal até o dia 08/10, será realizada uma mobilização da categoria. Os trabalhadores do SAAE de Iguatu também decidiram que farão mobilização caso o projeto de lei relativo ao Vale-alimentação, PCCR e adicional de insalubridade não seja votado na Câmara Municipal até o dia 07/10.
Sindiagua cobra PCCS – a direção do Sindiagua volta a cobrar dos SAAEs a implementação dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). Propostas já foram feitas pelo Sindicato com o auxílio da profissional de Economia do DIEESE contratada pela entidade, Elizama Paiva, inclusive com simulação de impacto financeiro. Está na hora dos SAAEs de Morada Nova e Jaguaribe cumprirem com que que foi assumido.