Descaso: trabalhadores que assumiram a função de gestor de núcleo estão sem receber gratificações

45

Os trabalhadores concursados e recém contratados da Cagece que assumiram a função de gestor de núcleo estão sem receber as gratificações do cargo. O motivo do atraso está no fato de a Cagece ainda não ter publicado portaria formalizando o preenchimento do cargo. A direção do Sindiagua cobrou rapidez na solução do problema durante a última reunião da MENP, mas, até o fechamento desta edição do boletim, a situação permanecia do mesmo jeito. “É um descaso da empresa, pois os trabalhadores estão executando todas as atividades inerentes do cargo de gestor de núcleo, sem receber o pagamento corretamente. Há concursados da primeira turma que foram convocados em setembro do ano passado e que ainda se encontram nessa situação inaceitável”, critica Jadson Sarto, coordenador geral do Sindiagua.
Como a função de gestor de núcleo é comissionada, esses empregados estão sem receber benefícios que, por lei, são proibidos de receber, como vale-alimentação. “Esses trabalhadores estão sem receber a gratificação de gestor de núcleo e muito menos os benefícios de um trabalhador comum da empresa. É uma violação clara de direitos que a empresa está praticando contra a categoria”, reforça Jadson.
A direção do Sindiagua pede aos trabalhadores que estão nessa situação que informem o problema aos seus gestores, anotando a carga horária e o serviço que está sendo executado, para terem direito aos benefícios garantidos no Acordo Coletivo, como, por exemplo, o vale-lanche. O Sindiagua cobra mais uma vez agilidade da empresa na solução do problema.
PARA REFLETIR: Com essa situação, como explicar a campanha “Encanta Cagece”? Como é que encanta?