Lançado Comitê Estadual do FAMA em defesa da água como direito humano

15

Organizações, sindicatos e movimentos sociais do campo, litoral e das cidades realizaram, no dia 28/02, na Assembleia Legislativa do Ceará, uma assembleia popular para defender a preservação e o acesso à água como um direito humano fundamental. Durante o evento foi lançado o Comitê Estadual do FAMA (Fórum Alternativo Mundial da Água). O Fama – que vai acontecer entre os dias 17 e 22 de março de 2018, em Brasília/DF – pretende ser um contraponto ao “8º Fórum Mundial da Água” por este estar alinhado aos interesses de grandes grupos econômicos que defendem a privatização das fontes naturais e dos serviços públicos de água.
A direção do Sindiagua – que integra a coordenação do Comitê Estadual – marcou presença na Assembleia, participando de dois momentos: a Tribuna Popular Povos e Águas, quando diversas entidades falaram de suas lutas locais e no Estado em defesa da água; e do painel “Lutas populares em defesa da água como direito e não mercadoria”.
Confira como foi o evento no site do FAMA clicando aqui.

Comitês estaduais do FAMA – Vários estados do Brasil estão organizando seus comitês para participar e construir o Fama. No Ceará, o Comitê Estadual Povos e Águas – com mais de 40 organizações (entre sindicatos, mandatos parlamentares, partidos políticos, movimentos sociais e entidades da sociedade civil) – vem se reunindo desde setembro de 2017, com o objetivo de desenvolver uma agenda de luta comum e contribuir para a realização do Fama, apresentando as demandas do Estado. Após o Fórum Alternativo, o grupo pretende se manter articulado para defender coletivamente a democratização da água no Ceará.

Foto: Shaya