Sindiagua cobra do Governo do Estado, prefeitura e casas legislativas disponibilidade de testes de covid e vacina a trabalhadores do saneamento da capital e interior

15
Desde dezembro do ano passado do Sindiagua tem cobrado a inclusão de trabalhadores do setor de saneamento nos grupos prioritários do plano de imunização. A entidade tem reivindicado também a disponibilidade de testes de covid à categoria, na capital e interior. Cobranças já foram feitas à Cagece, Cogerh, SAAEs e SAAEC.
Esta semana a entidade buscou reforçar a cobrança diretamente ao Governo do Estado, Prefeitura de Fortaleza e casas legislativas. Foram enviados ofícios ao gabinete do Governador (Protocolo 02639465/2021), ao gabinete do Prefeito de Fortaleza (Protocolo 080173/2021), às secretarias estadual e municipal de saúde e ao Chefe da Casa Civil do Ceará (Protocolo 02639589/2021), além da Câmara Municipal de Fortaleza e da Assembleia Legislativa do Ceará.
O Sindiagua entende que os(as) trabalhadores(as) do setor de saneamento estão na linha de frente, prestando diariamente serviços essenciais à população, trabalhando em vários locais de circulação do coronavírus. “Defendemos que a categoria também deva ser tratada com prioridade dentro do plano de vacinação do Estado, assim como outros setores importantes”, reafirma Jadson Sarto, presidente do Sindiagua.
O Sindicato também tem reivindicado melhorias nos protocolos de prevenção nos locais de trabalho.