Sindiagua discute reivindicações da categoria com presidente da Cagece

36

A diretoria do Sindiagua se reuniu no dia 01/08 com o presidente da Cagece para cobrar o atendimento a várias reivindicações da categoria. Confira abaixo um resumo dos principais pontos discutidos na reunião
Horas-extras de Sobral – todos os dados relativos aos pagamentos que estão em atraso foram analisados pela GEPES e entregues à diretoria da Cagece. A decisão da empresa será tomada em reunião de diretoria, nesta quarta (08/08), quando os diretores discutirão e votarão contra ou a favor do pagamento. Logo após a reunião, o Sindiagua cobrará uma resposta.
Concurso público – O Sindiagua cobrou mais uma vez o concurso público e o presidente da Cagece garantiu que ele será realizado até dezembro deste ano. Uma consultoria especializada (a mesma que montou o concurso da Assembléia Legislativa) foi contratada para elaborar um modelo de edital em até 20 dias.
PLR / SGR – O Sindiagua cobrou novamente providências para impedir atrasos na alimentação do sistema de gerenciamento de resultados (SGR). Os atrasos recorrentes na atualização mensal dos dados comprometem o pagamento da PLR. A Cagece afirmou que implementou um aplicativo de informática que envia automaticamente lembretes aos gerentes das unidades de negócios quando faltam dois dias para a atualização do sistema. Mesmo assim, o presidente da empresa afirmou que iria reforçar a cobrança aos gerentes através de e-mail. Ele se mostrou interessado em discutir uma nova proposta de indicador na elaboração do próximo ACT.
SAAE de Russas – Uma nova proposta de modelo de convênio foi elaborada pela Cagece e será discutida com a prefeitura de Russas. O Sindiagua vai tentar agendar uma reunião com o prefeito da cidade e os trabalhadores para discutir que encaminhamentos serão tomados a partir dessa proposta da empresa.